Páginas

Pneu à prova de furos

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Pneu tailandês promete ser à prova de furos. Mas que ele não encontre um objeto de rosca Por Luís Perez


Sua propaganda não poderia ser mais direta. O Finixx Tires é apresentado como o pneu que “não fura nunca”. Para comprovar até onde vai a eficiência do produto produzido na Tailândia com tecnologia sueca, o material de divulgação mostra até a imagem de um pneu da marca perfurado por duas chaves de fenda e mais dezenas de pregos.

O segredo estaria em seu interior. Uma película que parece mais uma cola recobre a parte de dentro da banda de rodagem. Segundo o importador Victoria Atacadista, qualquer objeto pontiagudo que entra no pneu seria envolvido por essa gosma, impedindo o vazamento de ar após ser retirado.

Com a missão de comprovar o quanto ele é mesmo à prova de furos, pedimos emprestados dois pneus, com medidas 195/60 R15, ainda sem preço definido, pois começaria a ser vendido em agosto, mas estimado entre 350 e 390 reais cada um – em média essa medida sai por 320 reais.

Para ajudar nesse tira-teima, convocamos a equipe do Cesvi (Centro de Experimentação e Segurança Viária). Antes de instalar o pneu num carro, os técnicos introduziram nele um prego de 3 mm de diâmetro. Funcionou. Entrou e saiu, sem que o ar escapasse. Mas na hora notaram que a película protege apenas a banda de rodagem. Portanto, a lateral do pneu não resistiria a furos.

Chegou então a vez do teste mais real: o carro passou por cima de uma tábua com pregos e parafusos – segundo borracheiros, os objetos mais comuns que costumam provocar furos. No total, o pneu direito resistiu a duas perfurações e o esquerdo foi mais longe, resistindo a dois pregos, de 3 a 4 mm, e a um parafuso de 3 mm. Resultado que impressionou a todos.

Por fim, uma prova mais radical, porém nada que se compare às duas chaves de fenda da propaganda: passar por cima de um parafuso de 6 mm, que entrou e saiu da borracha. Na hora se ouviu o famoso ruído de ar escapando. A calibragem, que era de 30 libras, logo caiu para 10 libras. E assim ficou esvaziando até murchar totalmente.

Fomos ouvir o fabricante. Yenny Gomez Martinez, representante da Latin American of Tires Finixx, deu sua explicação por e-mail. Ele diz que, quando é introduzido um objeto de rosca (como um parafuso), o estrago se multiplica – um objeto de 6 mm causa, segundo ele, um dano de 12 mm. “Nas feiras, usamos chaves de até 9 mm para as demonstrações”, afirma. Segundo ele, as provas realizadas não respeitaram as dimensões que cobrem a garantia dada pelo pneu.

Ao fim dos testes, fica a conclusão de que o Finixx tem um grande mérito. Suportou furos de vários calibres, mas em nenhum momento a empresa informa em seu material de divulgação ou alertou nossa reportagem antes do teste de que há um limite para essas perfurações ou para o tipo de objeto. Ao contrário: ele é vendido com o mote de ser um pneu “que não fura nunca”.


CUMPRE O QUE PROMETE? - EM TERMOS

O Finixx Tires é anunciado com um pneu “que não fura nunca”, mas ele não resistiu a um parafuso com diâmetro de 6 mm. Porém deu conta de parafusos de até 4 mm.


ONDE ENCONTRAR

Victoria Atacadista: (51) 3209-1777

Fonte: quatrorodas.com.br

 
 
 
by AméricaDez
by América Dez