Páginas

Sob nova direção

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Seu volante está envelhecido e gasto? Parece que não tem conserto? O kit restaurador da Ferkauto pode dar um jeito Por Rodolfo Parisi



Dependendo do tempo de uso e do modelo, é comum ver por aí volantes desgastados e até mesmo com sinais de descascamento ou de perda da cor original. Muitas vezes o grande vilão é o ácido úrico, liberado no suor das mãos. Junte o efeito da exposição do sol e você poderá se surpreender com a aparência envelhecida que um volante ou uma manopla de câmbio podem apresentar.

Antes de pensar em trocar essas peças, recorra ao Kit para Restauração de Volantes, da Ferkauto, vendido a 33 reais. Primeiro, use a esponja verde para retirar o excesso de sujeira e rebarbas plásticas. Depois, verifique a cor do volante e compare com a tinta do frasco preto. Se for igual, é só começar a espalhar; porém, se o volante tiver tonalidade diferente, coloque algumas gotas do tonalizante branco até chegar ao mesmo padrão do volante original.Acertada a cor, é só pingar a tinta na esponja branca e espalhar pelo volante, com mais intensidade na área defeituosa.

A volante da Fiorino com sinais de desgaste extremo...

... ganhou outra cara depois da aplicação do líquido renovador.

Para ajudar no teste, convocamos o Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária), que está habituado a testar produtos e acessórios automotivos. Para nossa avaliação, usamos como cobaia o volante de um Fiat Fiorino 2004 com 53850 km, que apresentava sinais de desgaste extremo, maior que a média para um veículo da sua idade. “Aplicamos o produto três vezes, em intervalos de 8 minutos, e o resultado imediato foi satisfatório. Ele não restaura totalmente a aparência original do volante, mas consegue dar uma maquiada bem interessante”, diz Eduardo Fernandes, chefe de oficina do Cesvi.

A aplicação completa durou cerca de uma hora e a secagem, 30 minutos. Segundo o fabricante, o efeito pode durar até quatro anos, dependendo do nível de ácido úrico do motorista. Como não pudemos esperar tanto, resolvemos voltar ao Cesvi depois de 15 dias para saber como estava o volante. “Ele continua com a mesma aparência do primeiro dia. Realmente o produto cumpre o que promete”, diz Fernandes. A única ressalva é que ele não deve ser usado em volantes e manoplas com acabamento de couro.



CUMPRE O QUE PROMETE? - SIM
O produto restaurou a cor original do volante e disfarçou a área desgastada.




ONDE ENCONTRAR
http://www.ferkauto.com.br/

Fonte: quatrorodas.com.br

 
 
 
by AméricaDez
by América Dez